Navegação Página InicialNotícias (Histórico)Primeiro aniversá...   Sábado, 19 de Abril de 2014 Português English
 
Notícias - Histórico
 
  Aceleradora  
  Formação   Geral   Incentivos   Incubadora   Notas de Imprensa   Prémios   Transf. Tecnologia e PI  
 
Primeiro aniversário do “Programa Europeu de Intercâmbio para Empreendedores” já envolve 1800 empresários, 20 dos quais apoiados pela IPN-Incubadora
 
Um ano depois do lançamento do programa de mobilidade “Erasmus para Jovens Empreendedores”, mais de 1800 futuros ou experientes empresários de toda a União Europeia e nos mais variados sectores empresariais foram incentivados a participar.
Dessas 1800 aplicações, mais de 1300 foram aprovadas e 60 intercâmbios foram concluídos com sucesso. Se esta tendência se mantiver, 500 candidaturas estarão completas até Junho de 2010.

Itália, conjuntamente com Espanha, suportam a maior parte das candidaturas (46%), sendo que o Reino Unido é o destino mais requisitado. Por sua vez, os sectores de actividade mais activos são as ligadas à área da comunicação/media (16%), as tecnologias de informação (10%) e a educação (9%). Geralmente, a duração destas estadias é de 2 a 3 meses.

No que se refere à participação da IPN-Incubadora, esta já apoiou dezoito Empreendedores, entre futuros e experientes. Foram recebidos e acompanhados quatro futuros empresários em Portugal, oriundos de outros países do espaço europeu, e apoiou a ida de dois empresários para outro país da União Europeia.

Um exemplo de uma relação/estágio de sucesso é a do jovem futuro empresário Marco Cordeiro, que se encontra neste momento em Alteguera, Espanha, a estagiar junto do Empresário Jose António Baron Jimenez. Neste caso, o jovem pretende vir a constituir uma empresa na área dos serviços desportivos, nomeadamente um ginásio.

Outro exemplo de uma relação concluída com sucesso é a que juntou o empresário Português Ricardo Patrício (sócio da Active Space Technologies, empresa Incubada Fisicamente na IPN-Incubadora) com o jovem empreendedor Espanhol Giovanni Lemes. Este, no final do estágio, referiu que “a experiência do Programa Erasmus para Jovens Empreendedores permitiu-me melhorar competências específicas. Realço as actividades que me forneceram competências básicas de gestão de empresas tecnológicas. No seio da orgânica da empresa receptora estudei a sua organização, o sistema de comunicação entre os diferentes colaboradores e os gerentes e como a empresa incentiva os fluxos de informação. Quanto à gestão de pessoal analisei o perfil dos colaboradores e o sistema de selecção de acordo com o desenvolvimento do negócio.”

Joana Drake, Directora da Comissão para a Promoção de Competitividade das Pequenas e Médias Empresas, da Unidade de Empresas e Indústrias na Comissão Europeia, diz “Estamos confiantes que com o resultado do programa Erasmus para Novos Empresários. Novas empresas estão a ser criadas, e o programa vai levar as acções das pequenas e médias empresas até aos seus limites: elas serão mais internacionais, mais criativas, mais dinâmicas e mais inovadoras.”

Bem Butters, Director dos Assuntos Europeus na EUROCHAMBRES – na qualidade de representante do Gabinete de Apoio para o programa – acrescenta “ O feedback dos empresários pioneiros envolvidos nos primeiros intercâmbios confirma os benefícios, quer para os novos quer para os empresários anfitriões, com a oportunidade de futuras colaborações e uma nova perspectiva sobre as suas actividades já existentes ou em futuras empresas. "

Sobre o programa de Erasmus Para Novos Empreendedores
O programa permite aos novos empresários – alguém que planeia efectivamente criar a sua própria empresa ou que já iniciaram a sua actividade nos últimos três anos – a familiarização com a gestão de uma pequena ou média empresa, estando em contacto e aprendendo com a experiência de um empreendedor anfitrião num outro Estado Membro. Por outro lado, o empreendedor anfitrião pode beneficiar do dinamismo e inovação de um novo parceiro para abrir potenciais oportunidades em novos mercados.


Programa alargado até Junho de 2011
Devido ao sucesso da primeira fase do programa, o Erasmus para Novos Empreendedores foi alargado até Junho de 2011. Deste modo, quer os novos empresários quer os anfitriões que desejem aceder ao programa ainda podem fazê-lo e organizar a sua estadia até esta data através da sua Organização Intermediária. A lista completa de organizações intermediárias – que agora também inclui a Republica Checa, a Dinamarca, Letónia, a Holanda e a Eslovénia – tal como outra informação necessária sobre o programa está disponível em www.erasmus-entrepreneurs.eu.

Quem pode participar?
Podem participar tanto os novos empreendedores como os empreendedores experientes. Entende-se por «novos empreendedores» os que planeiam efectivamente criar a sua própria empresa ou que já iniciaram a sua actividade nos últimos três anos. Os empreendedores experientes devem ser proprietários ou gerir uma PME na União Europeia.

Como funciona?
A correspondência entre novos empreendedores e empresários de acolhimento é determinada com o auxílio de organizações intermediárias. Em Portugal, a Incubadora do Instituto Pedro Nunes é uma das organizações intermediárias.

O que proporciona?
O Erasmus para jovens empreendedores oferece aos novos empreendedores a oportunidade de adquirirem conhecimentos junto de um empreendedor experiente, que seja responsável por uma pequena ou média empresa (PME) noutro país da UE; facilita o acesso a novos mercados e a busca de parceiros comerciais potenciais; promove a criação de redes entre empresários e PME's; permite a empreendedores experientes desenvolver novas relações comerciais e conhecer melhor as oportunidades oferecidas pelos outros países da UE.

Para mais informações:
Erasmus para Jovens Empreendedores
c/o IPN-Incubadora
Rua Pedro Nunes, 3030-199 Coimbra
Tel: +351 239 700 300 • Fax: +351 239 700 391
erasmus.empreendedores@ipn-Incubadora.pt
www.erasmus-entrepreneurs.eu
 
Inserido em 02-03-2010
Temas relacionados <Formação>  <Geral>  <Incentivos>  <Incubadora>  <Notas de Imprensa