Painel Principal  :  Notícias (Histórico)  :  Censos 2011: pági...
Notícias - Histórico
 
  Aceleradora  
  Formação   Geral   Incentivos   Incubadora   Notas de Imprensa   Prémios   Transf. Tecnologia e PI  
 
Censos 2011: página electrónica apresenta fragilidades que podem comprometer sucesso da operação
 
A página na Internet que permitia responder ao inquérito dos Censos 2011 estava bem feita, mas apresentava fragilidades que poderão comprometer o sucesso da operação, indica um estudo realizado por especialistas.
Durante o período em que foi possível responder eletronicamente ao recenseamento, uma equipa de investigadores de Coimbra realizou um estudo exploratório que concluiu que ?o Censos online tem falhas de usabilidade que podem condicionar o sucesso da operação Censos 2011?, contou à agência Lusa Filipe Plácido, da empresa que realizou o estudo, a Tangível ? Usabilidade e Design de Interacção.
O estudo contou com testes ao sistema online dos Censos, nos quais utilizadores reais responderam às questões enquanto a equipa de especialistas observava e gravava a interação com o sistema.
?A nível geral, o site está acima da média em termos de usabilidade, com numerosos exemplos de boas práticas e boas decisões ao nível do design de interação, mas apresenta alguns riscos?, sublinhou Filipe Plácido.
Os testes indicam que algumas questões "podem induzir os utilizadores em erro". Filipe Plácido deu como exemplos o número de divisões na habitação ou o bloqueio do acesso ao formulário antes de o enviar definitivamente.
Segundo a opinião dos especialistas da Português Claro, parceiros neste estudo, a linguagem utilizada era, em alguns pontos, "demasiado complexa": expressões como ?propriedade resolúvel? e ?fluxómetro? não são compreendidas pela maioria dos utilizadores.
Os participantes nos testes demonstraram ainda ?alívio ao terminar o preenchimento dos Censos online?. Isto devido ?à lentidão dos Censos online devido à sobrecarga dos servidores?, recordou o responsável.
Filipe Plácido recorda ainda que, à medida que os utilizadores foram respondendo aos Censos, ?instalava-se o cansaço, aumentava a frustração e criava-se a perceção de que o sistema era menos 'inteligente' do que expectável?.
Resultado: os utilizadores estavam menos empenhados em responder corretamente às últimas questões dos Censos. Por exemplo, nas questões que suscitavam dúvidas, os utilizadores, ?cansados, optavam por uma resposta plausível, em vez de uma resposta rigorosa?.
Para os especialistas, as notícias sobre os problemas de acesso à página ?poderão ter influenciado a escolha do formulário em papel em detrimento da versão online, com um aumento significativo do custo de digitalização dos dados pelo INE?.
O prazo para responder aos Censos 2011 através da Internet terminou no dia 12 deste mês, depois de o Instituto Nacional de Estatística ter decidido dar mais dois dias a quem quisesse entregar o questionário por esta via.
Os Censos 2011 - XV Recenseamento Geral da População e V Recenseamento Geral da Habitação - estão a decorrer até ao final do mês para as respostas em papel.

Fonte: Agência Lusa, 15 de Abril 2011
 
Inserido em 15-04-2011
Temas relacionados <Geral>  <Incubadora