Painel Principal  :  Notícias (Histórico)  :  Alunas da UC estu...
Notícias - Histórico
 
  Aceleradora  
  Formação   Geral   Incentivos   Incubadora   Notas de Imprensa   Prémios   Transf. Tecnologia e PI  
 
Alunas da UC estudam fósseis com milhões de anos no Quénia
 
Liliana Carvalho, de 26 anos, e Catarina Coelho, de 22, alunas do mestrado de Evolução e Biologia Humana da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) regressaram na semana passado do Quénia, onde participaram numa das mais antigas e prestigiadas escolas de campo de evolução humana. Durante seis semanas, fizeram prospecção paleoantropológica em Kobi Fora, nas margens do Lago Turcana, um dos locais do mundo mais ricos em fósseis, e estudaram pegadas humanas com 1,5 milhões de anos.
A Paleoantropological Field-school de Kobi Fora é organizada pela Rutgers University (New Jersey, EUA) e pelo Kenya National Museum. Nos últimos anos tem sido dirigida pelo professor Jack Harris, que, pela primeira vez, convidou estudantes portugueses a participar na campanha deste ano. O convite chega graças ao trabalho de uma ex-aluna do mestrado da FCTUC. Susana Carvalho, hoje aluna da Cambridge University, a fazer doutoramento sobre Arqueologia de Primatas foi mesmo a primeira investigadora nacional a participar nesta conceituada escola de campo na África Oriental e é através dela que se estabelece a ligação à Universidade de Coimbra. Isso mesmo sublinha Eugénia Cunha, coordenadora do mestrado de Evolução e Biologia Humana e orientadora de doutoramento de Susana Carvalho, que é também docente no curso da FCTUC.

Fonte: Diário de Coimbra, edição on-line de 02-08-2011
 
Inserido em 02-08-2011
Temas relacionados <Geral>  <Notas de Imprensa