Painel Principal  :  Notícias (Histórico)  :  FBA recebe prémio...
Notícias - Histórico
 
  Aceleradora  
  Formação   Geral   Incentivos   Incubadora   Notas de Imprensa   Prémios   Transf. Tecnologia e PI  
 
FBA recebe prémio AIGA 50 Books / 50 Covers
 
Ana Boavida, do atelier de design FBA, foi distinguida pelo segundo ano consecutivo, desta vez pelo seu trabalho na colecção de livros “Temas de Psicanálise”. Foram criados para se destacar numa estante. E com sucesso, pois conquistaram à primeira o júri do AIGA 50 Books / 50 Covers.
Foi com unanimidade que a FBA, atelier de design de Coimbra, recebeu o prémio que recompensa os 50 melhores livros e capas de livros desenhados e produzidos entre Janeiro e Dezembro de 2010. Os resultados foram anunciados online e estão acessíveis no site da AIGA, associação profissional de design (http://designarchives.aiga.org).

Já é o segundo ano que livros do Grupo Almedina desenhados por Ana Boavida, com a participação de João Bicker, constam na selecção restrita dos 50 livros/capas mais bem desenhados no mundo. "Estamos muito satisfeitos com este prémio AIGA 50 Books / 50 Covers. É a segunda vez consecutiva que o recebemos, o que nos enche de alegria. Até porque a AIGA (American Institute of Graphic Arts) é uma instituição que tem distinguido, ao longo dos 90 anos da sua existência,
trabalhos dos melhores designers de sempre”, revelam os dois colaboradores da FBA.

“O júri deste ano era constituído por alguns dos designers contemporâneos que mais admiramos e sabemos que seleccionaram o nosso trabalho de forma unânime", rematam os dois designers que assinam o trabalho gráfico da colecção “Temas de Psicánalise”. A aposta da FBA em transformar as capas desta série de livros em objectos capazes de, a partir da estante, “piscarem o olho” a profissionais, estudantes e curiosos está ganha. Mas o trabalho vai mais além.

A capa de cada livro explicita o tema do livro, ao utilizar a tipografia, não só para compor os títulos, mas também para criar ilustrações simbólicas do assunto tratado. A abordagem da FBA procurou
ser inteligente e súbtil, de acordo com a temática da colecção, a psicanálise. “Os livros comunicam simbolicamente graças a caracteres, mas não somente através das palavras”, explicam Ana Boavida e João Bicker.
 
Inserido em 11-10-2011
Temas relacionados <Geral>  <Incubadora>  <Prémios