Painel Principal  :  Notícias (Histórico)  :  Lino Ferreira apr...
Notícias - Histórico
 
  Aceleradora  
  Formação   Geral   Incentivos   Incubadora   Notas de Imprensa   Prémios   Transf. Tecnologia e PI  
 
Lino Ferreira apresenta primeira patente portuguesa na área das células estaminais
 
Lino Ferreira, do Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra, acaba de patentear uma tecnologia com células estaminais do sangue do cordão umbilical para o tratamento de feridas crónicas, com especial incidência nos doentes diabéticos.

“A novidade é a conjugação de três componentes: a utilização de células estaminais que são isoladas do sangue do cordão umbilical, combinadas com células dos vasos sanguíneos que são elas próprias derivadas de células estaminais e um gel de biomimético, isto é, um gel produzido por componentes encontrados no sangue”, explica o investigador português ao Ciência Hoje.
A tecnologia começou a ser desenvolvida em 2009 e a sua aplicação principal é no tratamento de feridas crónicas mas, segundo Lino Ferreira, “pode ser aplicada em qualquer outro contexto, como para o tratamento de doenças isquémicas em geral”.

Ainda não se sabe quando começará a ser utilizado o gel pois só ainda foram realizados ensaios pré-clínicos em animais. No entanto, “há o interesse de ir mais além e fazer ensaios clínicos em seres humanos”, refere o cientista.

Os próximos passos na investigação passam agora pela translação desta. “Estamos a explorar outro tipo de tecnologia sempre com o mesmo objectivo de potenciar a capacidade regenerativa destas células e aumentar a sua sobrevivência quando transplantadas mas utilizando outro tipo de técnica”, avança.

Para desenvolver o trabalho, Lino Ferreira contou com uma equipa de seis investigadores e a colaboração do Centro de Neurociências e Biologia Celular, do Biocant e da Crioestaminal, empresa que investiu na investigação para desenvolver o gel.

Fonte: Ciência Hoje, edição de 10-09-2012.
 
Inserido em 10-09-2012
Temas relacionados <Geral